• Centro Nacional de Educação

Novas atividades para os anos iniciais

O uso de vídeos e músicas no ensino é importante nessa época em que estamos vivendo. Os alunos já estão em casa há bastante tempo, cansados de não poderem sair, e atividades escolares usuais podem ser maçantes nesse período e poucas são adequadas para o trabalho à distância. A utilização de desafios também é uma alternativa instigante a eles. Assim, nossa sugestão de hoje gira em torno desses elementos.

Muitos acreditam que só há como utilizar resolução de problemas em aulas de Matemática. De fato, é muito confortável unir esses dois elementos. Entretanto, não é somente a Matemática que tem problemas. Podemos elaborar desafios em diversas disciplinas. Por exemplo, em frases na Língua Portuguesa.

Desafie-os a descobrir a sentença correta e porquê. Por exemplo, quando usar "De encontro a" ou "ao encontro de"? Esse é um desafio para muitas pessoas, que trará uma boa discussão entre seus alunos. Nesse primeiro momento, discuta em uma "live", para instigá-los a refletir e a descobrir. Ensine-os que a internet é uma fonte de colaboração, mas que nem sempre podemos confiar no que nela se apresenta, então o interessante seria procurar em dicionários e gramáticas. Isso não exclui a internet, já que há meios de se utilizar um dicionário nela! Explique como eles podem compreender as peculiaridades de nossa língua ao utilizar corretamente o dicionário e compreender os códigos e explicações nele contidos.

Depois disso, escolha expressões ou palavras que eles costumam errar, ou que são relacionadas ao conteúdo que você trabalha atualmente, e desafie-os a descobrir as diferenças, elaborar sentenças que ajudem a compreender a diferença, etc.

Para ajudar, damos mais exemplos:

"a gente" e "agente"

"mal" e "mau"

"bem" e "bom"

"haver" e "a ver"

"traz" e "trás"

"descriminar" e "discriminar"

"comprimento" e "cumprimento"

Já falamos nesse Blog, em postagem anterior (https://www.cenaed.com.br/post/tecnologia-ou-metodologia) como pode ser interessante utilizar músicas para aprender nossa língua. Procurar erros de Português em músicas será um meio bem divertido e agradável de fazê-los estudar. Também de um grupo desafiar o outro, como comentamos anteriormente.


Nossos programas de televisão já tiveram e ainda têm personagens que ficaram famosos pelo seu jeito de falar. Às vezes pelo sotaque, às vezes pelos erros, e às vezes pelo jeito erudito de se falar. Busque-os e apresente às crianças. Muitos deles são divertidos e desconhecidos pelos nossos alunos. Escolha algum episódio interessante. O Youtube é repleto deles.

Os vídeos também são bem úteis nas aulas de Inglês. Peça para cada aluno escolher um desenho animado que ele gosta e que já tenha assistido antes. A tarefa é que ele assista a esse desenho com o áudio em Inglês, e anote palavras que ele não conhecia anteriormente e as palavras cuja pronúncia correta ele descobriu ao assistir. Para saber como escrever as que ele não conhecia, ele pode usar a legenda em Inglês.


A escolha de um desenho animado se dá pela facilidade maior de se compreender o que é dito, dado que, usualmente, a fala dos personagens é mais lenta e sem palavras de baixo calão. É bom que o desenho seja conhecido para que o aluno aproveite a oportunidade para treinar a compreensão da escuta em Inglês. Saber o que os personagens disseram pode ajudar a compreender melhor o que se diz em outra língua e a entender como construir frases. O Professor também pode solicitar que os alunos assistam a um episódio de um seriado ou a um filme. A escolha do desenho é pela duração do episódio, que é de 15 a 30 minutos. Já os filmes têm em geral duração de 2 horas, o que pode ser cansativo em outra língua.

Ao escolher um desenho de sua preferência, o aluno mostra a você os gostos e interesses dele, que você poderá explorar depois. Você também pode apresentar algum vídeo que seja de seu conhecimento, como uma troca: um dia ele assistiu ao que gosta, no outro ele assiste ao que você gosta. Isso permite que o Professor envie um vídeo mais relacionado ao conteúdo trabalhado naquele momento.

Veja que desafios podem ser frutíferos para o aprendizado dos alunos! Sejam eles apresentados claramente ou por meio de vídeos ou música. São instigantes e podem colaborar para o desenvolvimento de competências como argumentação, discussão, resolução de conflitos, sem contar o espírito investigativo. Todas elas alinhadas com a BNCC.

Ouse! E nos conte como foi sua experiência em nossos comentários!

98 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo

 (11) 3642 1060             (11) 9 7658 3939              cenaed.sp@gmail.com

© 2017 por Centro Nacional de Educação, CNPJ: 25.006.762/0001-26 . Logotipo criado e desenvolvido por Mateus Freire. Todos os direitos reservados.