• Centro Nacional de Educação

Atividades para a Educação Infantil

Atualizado: 1 de Abr de 2020

Na postagem de hoje, trazemos sugestões o trabalho à distância com a Educação Infantil.

É importante lembrar que as crianças estão em casa com os pais, os quais provavelmente trabalhando em casa, e não têm o dia todo para realizar atividades escolares com as crianças. Por isso, elas não podem ser em número excessivo nem demandar grandes períodos de tempo. Mas são um bom momento para os pais fazem uma pausa do trabalho enquanto brincam com seus filhos e aplicam as atividades escolares. Não deixe de lembrá-los disso.

A BNCC garante seis direitos de aprendizagem aos alunos da Educação Infantil (você pode relembrá-los em publicação anterior desse Blog https://www.cenaed.com.br/post/bncc-para-a-educacao-infantil) e cinco campos de experiência. Não se esqueça de levá-los em consideração ao elaborar suas atividades. Além disso, é imprescindível que as brincadeiras e atividades tenham intencionalidade pedagógica, e também que o ambiente seja propício para elas. Assim, sugerimos que alguns elementos sejam considerados, tais como o ambiente, os materiais, a atividade em si, e, principalmente, a avaliação.

Prepare o ambiente

As crianças, na escola, têm diferentes ambientes, com brinquedos, materiais e decorações diversos a sua volta. Assim, seria interessante que o ambiente em casa para fazer as atividades escolares também fosse diferente. Peça aos pais para organizarem um canto para seus filhos. Pode ser no próprio quarto da criança, se não houver outro lugar na casa que possa ser modificado. Sugira um cantinho novo nesse quarto, e que ele seja enfeitado com os próprios brinquedos das crianças ou com desenhos. Por isso, envie alguns desenhos para a criança colorir e fazer parte dessa decoração, ou desenhos prontos no caso dos bebês. As crianças pequenas podem ter uma mesinha improvisada para ter um lugar de trabalho, como os pais.

Os materiais

Pense em materiais que os pais possam ter em casa. É muito comum termos utensílios de cozinha que sejam bons para as crianças brincarem. Colheres de pau, utensílios de silicone, formas de bolo, potes, pegadores, esses e outros instrumentos podem ser usados para a atividade. Em geral, eles têm cores, formas e texturas diferentes, elementos essenciais para a exploração e expressão.

Os sons também podem ser explorados por eles. Não há um instrumento na casa deles? Peça aos pais para baixarem um xilofone no celular. Além de coloridos, eles permitem a exploração dos sons. Outros aplicativos podem ajudar nessa exploração. Há diversos aplicativos com sons de animais e da natureza. Certamente serão grandes aliados.


A atividade

Peça aos pais que deixem esses utensílios espalhados pelo cantinho da criança para que ela se movimente e vá até eles. Com isso, elas podem brincar, explorar e conviver com elementos usuais de casa.

Os aplicativos podem ser manipulados pelos próprios bebês e crianças bem pequenas. Observe a reação deles aos sons, às cores, ao novo.

Se for possível, peça para colocarem os bebês em frentes a um espelho, eles podem começar a se descobrir, assim como ao explorar o próprio corpo.

Você pode também enviar histórias para serem lidas na hora de dormir ou nos momentos de relaxamento, e músicas que possam agradar e acalmar os bebês e as crianças bem pequenas durante o dia.


Quanto às crianças pequenas, elas já têm mais autonomia, e podem resolver problemas ou realizar atividades de maneira independente. Os professores podem gravar os enunciados de problemas e enviar para as crianças por meio do WhatsApp dos pais ou outro aplicativo. Até mesmo as histórias podem ser gravadas pelo professor, seja por meio de mensagem de voz ou de vídeo.

Peça para eles brincarem com ampulhetas e relógios para descobrir o tempo. Enquanto fazem isso, podem ouvir Vinícius de Moraes (https://www.youtube.com/watch?v=4szJqFbLEnE). Antigamente, o professor precisava levar para a sala de aula uma fita K7 e algum tipo de tocador de fitas, que precisaria ter caixas de som embutidas. Hoje, basta o celular e uma caixinha de som com conexão Bluetooth!


Também podem brincar com fitas métricas, trenas e níveis para entender comprimentos e alinhamento. Não há esses instrumentos na casa dos alunos? Peça aos pais que baixem aplicativos em seus celulares. Há diversos deles que são ótimos.


Avaliação

Olha aí a tecnologia nos ajudando novamente! Peça aos pais que gravem a atividade com os filhos e enviem a vocês. Assista atentamente e observe o que os alunos fazem. Analise se eles atingiram seus objetivos com aquela atividade. Se já foram atingidos, envie nova atividade. Se não, reformule e tente novamente.

O Professor também pode assistir enquanto a atividade acontece. Com Skype, Zoom ou Google Duo, ele pode gravar o vídeo enquanto assiste, para rever mais tarde. Além disso, pode dar algumas instruções aos pais durante a atividade se for necessário. Claro que não seria possível assistir a todos os alunos todos os dias, mas é possível marcar horários com alguns por semana.

Lembre-se de que a BNCC sugere o registro como forma de avaliação. Então monte um portfólio eletrônico para relatar o desenvolvimento de cada aluno.

Lembre-se de que é com uma boa avaliação que conseguiremos analisar se o aluno construiu o conhecimento e, principalmente. qual será nosso próximo passo, ou seja, qual atividade devemos pedir para o aluno fazer. Salientamos que essa, assim como outras, é habilidade da profissão de professor, logo, não espere que os pais saibam fazê-la.

Uma outra dica: as crianças em casa podem ter dificuldade de manter uma rotina. Há vários aplicativos que ajudam nesse sentido, mostrando a elas as atividades que devem ser feitas, o horário, o tempo de execução, etc. Se quiserem sugestões, deixem seu recado aqui em nossos comentários.


Explore ao máximo a tecnologia. Ela é nossa aliada. Sempre foi. Chegou a hora de percebermos que não é mais possível deixar essa ferramenta de lado na Educação. Foi preciso um vírus para nos conscientizarmos disso e finalmente mudarmos a Educação!

Deixe em nossos comentários suas dúvidas e sugestões para complementar estas atividades.

246 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo